Políticas Editoriais

Foco e Escopo

 

A política editorial visa estimular o debate de questões agrárias e rurais no Brasil e no exterior. Divulgar experiências de pesquisa, ensino e extensão sobre a realidade multidimensional dos assentamentos rurais da reforma agrária e de outros tipos de comunidade rurais e tradicionais – tais como as quilombolas, as indígenas e as ribeirinhas – suas construções identitárias e como sujeito político, seus modos de vida e relações com o entorno sócio-econômico, questões ambientais e sistemas agrícolas, as relações de gênero, étnico-raciais e sucessão, educação do campo, migração e trabalho, dentre outras.

A revista abre espaço igualmente para os debates teóricos mais gerais sobre as tendências do desenvolvimento e sua influência sobre o meio rural. Identificar e pôr em debate múltiplas dimensões presentes nas políticas públicas voltadas à questão agrária em geral e, também, àquelas dirigidas aos segmentos que ocupam diferentes espaços na trama que envolve os rumos do meio rural. Temos por objetivo socializar tais experiências junto a estudantes, pesquisadores, instituições públicas e movimentos sociais.

 

Políticas de Seção

Artigos

Política padrão de seção

Verificado Submissões abertas Verificado Indexado Verificado Avaliado pelos pares
 

Processo de Avaliação pelos Pares

Os manuscritos recebidos pela Retratos de Assentamentos são submetidos a processo de revisão por pares. O corpo editorial escolhe pareceristas externos, especialistas na área discutida no manuscrito, sendo responsáveis por realizar avaliação cega. Esses pareceres são enviados aos autores, para possível revisão, de acordo com as sugestões e correções. Os manuscritos serão encaminhados para publicação somente após o final da avaliação pelos especialistas externos e a aprovação pelo corpo editorial da revista.

 

Política de Ética

Política de Ética em Publicações e Declaração de Procedimentos Impróprios em Publicações

Este Periódico (Revista) tem o compromisso com a ética e qualidade na publicação. Apoiamos padrões de comportamento ético esperado para todas as partes envolvidas na publicação na revista: do autor, do editor da revista, dos revisores e do editor. Não aceitamos plágio ou qualquer outro comportamento antiético.

Deveres dos Editores:

• Decisão de publicação: O editor da revista é responsável por decidir quais dos artigos submetidos à revista devem ser publicados. O editor é guiado pelas políticas do conselho editorial da revista, em estrita observância aos requisitos legais em matéria de difamação, violação de direitos autorais e plágio. O editor pode consultar o conselho editorial ou colaboradores na tomada de decisões.

• Regras Justas: O editor deve avaliar manuscritos para o seu conteúdo intelectual, sem distinção de raça, sexo, orientação sexual, crença religiosa, origem étnica, nacionalidade ou a filosofia política dos autores.

• Confidencialidade: O editor e qualquer membro da equipe editorial não devem divulgar qualquer informação sobre um manuscrito submetido a qualquer outra pessoa, com exceção do próprio autor, revisores, potenciais colaboradores, outros conselheiros editoriais, e do editor, conforme o caso.

• Divulgação e Conflitos de interesse: O editor não deve usar informações que não tenham sido publicadas em sua própria investigação sem o consentimento expresso e por escrito do autor. O editor deve abster-se de avaliar manuscritos nos quais haja algum conflito de interesse resultante de relacionamentos competitivos ou colaborativos, bem como qualquer outro tipo de relacionamento ou conexões com qualquer um dos autores, empresas ou (possivelmente) instituições que estejam ligadas / conectadas aos artigos.

• Participação e cooperação nas investigações: O editor deve tomar medidas de resposta razoáveis quando reclamações éticas forem apresentadas em relação a um manuscrito submetido ou artigo publicado.

Deveres dos Revisores:

• Contribuição para a decisão Editorial: A revisão por pares ajuda o editor na tomada de decisões editoriais e, por meio das comunicações editoriais com o autor pode, também auxiliar o autor na melhoria do artigo.

• Pontualidade: Qualquer árbitro selecionado que não se sinta qualificado para avaliar a pesquisa relatada em um manuscrito, ou sabe que a sua imediata revisão será impossível, deve notificar o editor e desculpar-se do processo de revisão.

• Confidencialidade: Todos os manuscritos recebidos para avaliação devem ser tratados como documentos confidenciais. Eles não devem ser mostrados ou discutidos com os outros.

• Padrões de objetividade: Comentários devem ser conduzidos de forma objetiva e os avaliadores devem expressar suas opiniões claramente com argumentos de apoio.

• Reconhecimento da Fonte: Pares avaliadores devem identificar obras publicadas relevantes que não tenham sido citadas pelos autores. O revisor, também deve chamar a atenção do editor sobre qualquer semelhança substancial ou sobreposição entre o manuscrito em questão e qualquer outro documento publicado de que tenham conhecimento pessoal.

• Divulgação e Conflitos de Interesse: Informação privilegiada ou ideias obtidas por meio da avaliação pelos pares devem ser mantidas em sigilo e não utilizadas para proveito pessoal. Os revisores não devem considerar manuscritos nos quais tenham algum conflito de interesse resultante de relacionamentos competitivos ou colaborativos, bem como qualquer outro tipo de relacionamento ou conexões com qualquer um dos autores, empresas  ou (possivelmente) instituições que estejam ligadas / conectadas aos artigos.

Deveres dos Autores:

• Padrões de descrição: Autores de relatórios de pesquisas originais deverão apresentar uma descrição  preciso da trabalho realizado, bem como uma análise objetiva de seu significado. Dados subjacentes devem ser apresentados com precisão no artigo. Um documento deve conter detalhes e referências suficientes para permitir que outros possam replicar o trabalho. Declarações fraudulentas ou intencionalmente imprecisas constituem um comportamento antiético e são inaceitáveis.

• Originalidade e Plágio: Os autores devem garantir que suas obras sejam totalmente originais, e se os autores usaram o trabalho e / ou palavras de outros autores, estas devem ter sido devidamente citadas Plágio, em todas as suas formas, constitui um comportamento antiético de publicação e é inaceitável.

• Publicações múltiplas, redundantes ou concorrentes: Um autor não deve, em geral, publicar manuscritos que descrevam, essencialmente, a mesma pesquisa em mais de uma revista ou publicação primária. Submeter o mesmo manuscrito a mais de uma revista simultaneamente e / ou publicar o mesmo artigo em diferentes revistas constituem um comportamento antiético de publicação e é inaceitável.

• Reconhecimento de Fontes: Reconhecimento adequado do trabalho dos outros deve ser feito sempre. Os autores devem citar as publicações que têm sido influente na determinação da natureza do trabalho relatado. As informações obtidas em caráter privado, como na conversa, correspondência, ou discussão com terceiros, não devem ser utilizadas ou relatadas sem permissão explícita e por escrito da fonte. As informações obtidas no curso de serviços confidenciais, tais como manuscritos de arbitragem ou pedidos de subvenção, não devem ser utilizados sem a autorização explícita e por escrito do autor do trabalho envolvido nesses serviços.

• Autoria do Artigo: A autoria deve ser limitada aqueles que fizeram uma contribuição significativa para a concepção, projeto, execução ou interpretação do estudo relatado. Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como coautores. Outros que tenham participado em aspectos substantivos do projeto de pesquisa, também devem ser reconhecidos ou listados como colaboradores. O autor deve se assegurar que todos os coautores adequados e nenhum inadequado estão incluídos no artigo, que todos os coautores viram, aprovaram a versão final do documento e concordaram em sua apresentação para publicação.

• Divulgação e Conflitos de Interesses: Todos os autores devem divulgar em seus manuscritos qualquer conflito de interesse financeiro ou substantivo / material que poderia influenciar os resultados ou as interpretações em seus manuscritos. Todas as fontes de apoio financeiro para o projeto devem ser divulgadas.

• Erros fundamentais em obras publicadas: Quando um autor descobre um erro significativo ou imprecisão na sua própria obra publicada, é obrigação do autor notificar, imediatamente, o editor da revista ou editora e cooperar com o editor para retratar ou corrigir o artigo.

 

Deveres do Publisher

Estamos empenhados em garantir que a obtenção de verbas de publicidade, reimpressão ou outra receita comercial não tenha qualquer impacto ou influência sobre as decisões editoriais.

Os nossos artigos são revisados para garantir a qualidade das publicações científicas e, também somos usuários de CopySpider(software para identificação de plágio).

Esta Política de Ética é baseada em recomendações da Elsevier e do COPE Diretrizes de Melhores Práticas para Editores de Revistas

* This statement is based on Elsevier recommendations and COPE's Best Practice Guidelines for Journal Editors

 

 

Política de Acesso Livre

Esta revista oferece acesso livre imediato ao seu conteúdo, seguindo o princípio de que disponibilizar gratuitamente o conhecimento científico ao público proporciona maior democratização mundial do conhecimento.

 

Arquivamento

Esta revista utiliza o sistema LOCKSS para criar um sistema de arquivo distribuído entre as bibliotecas participantes e permite às mesmas criar arquivos permanentes da revista para a preservação e restauração. Saiba mais...

 

Política de Ética

A Retratos de Assentamentos adota integralmente as Boas Práticas da Publicação Científica: um manual para autores, revisores, editores e integrantes de Corpos Editoriais - Committee on Publication Ethics (COPE).

Os manuscritos que não estiverem de acordo com as Normas de Publicação serão devolvidos aos autores.

 

Política de Ética em Publicações e Declaração de Procedimentos Impróprios em Publicações

Este Periódico (Revista) tem o compromisso com a ética e qualidade na publicação. Apoiamos padrões de comportamento ético esperado para todas as partes envolvidas na publicação na revista: do autor, do editor da revista, dos revisores e do editor. Não aceitamos plágio ou qualquer outro comportamento antiético.

Deveres dos Editores:

• Decisão de publicação: O editor da revista é responsável por decidir quais dos artigos submetidos à revista devem ser publicados. O editor é guiado pelas políticas do conselho editorial da revista, em estrita observância aos requisitos legais em matéria de difamação, violação de direitos autorais e plágio. O editor pode consultar o conselho editorial ou colaboradores na tomada de decisões.

• Regras Justas: O editor deve avaliar manuscritos para o seu conteúdo intelectual, sem distinção de raça, sexo, orientação sexual, crença religiosa, origem étnica, nacionalidade ou a filosofia política dos autores.

• Confidencialidade: O editor e qualquer membro da equipe editorial não devem divulgar qualquer informação sobre um manuscrito submetido a qualquer outra pessoa, com exceção do próprio autor, revisores, potenciais colaboradores, outros conselheiros editoriais, e do editor, conforme o caso.

• Divulgação e Conflitos de interesse: O editor não deve usar informações que não tenham sido publicadas em sua própria investigação sem o consentimento expresso e por escrito do autor. O editor deve abster-se de avaliar manuscritos nos quais haja algum conflito de interesse resultante de relacionamentos competitivos ou colaborativos, bem como qualquer outro tipo de relacionamento ou conexões com qualquer um dos autores, empresas ou (possivelmente) instituições que estejam ligadas / conectadas aos artigos.

• Participação e cooperação nas investigações: O editor deve tomar medidas de resposta razoáveis quando reclamações éticas forem apresentadas em relação a um manuscrito submetido ou artigo publicado.

Deveres dos Revisores:

• Contribuição para a decisão Editorial: A revisão por pares ajuda o editor na tomada de decisões editoriais e, por meio das comunicações editoriais com o autor pode, também auxiliar o autor na melhoria do artigo.

• Pontualidade: Qualquer árbitro selecionado que não se sinta qualificado para avaliar a pesquisa relatada em um manuscrito, ou sabe que a sua imediata revisão será impossível, deve notificar o editor e desculpar-se do processo de revisão.

• Confidencialidade: Todos os manuscritos recebidos para avaliação devem ser tratados como documentos confidenciais. Eles não devem ser mostrados ou discutidos com os outros.

• Padrões de objetividade: Comentários devem ser conduzidos de forma objetiva e os avaliadores devem expressar suas opiniões claramente com argumentos de apoio.

• Reconhecimento da Fonte: Pares avaliadores devem identificar obras publicadas relevantes que não tenham sido citadas pelos autores. O revisor, também deve chamar a atenção do editor sobre qualquer semelhança substancial ou sobreposição entre o manuscrito em questão e qualquer outro documento publicado de que tenham conhecimento pessoal.

• Divulgação e Conflitos de Interesse: Informação privilegiada ou ideias obtidas por meio da avaliação pelos pares devem ser mantidas em sigilo e não utilizadas para proveito pessoal. Os revisores não devem considerar manuscritos nos quais tenham algum conflito de interesse resultante de relacionamentos competitivos ou colaborativos, bem como qualquer outro tipo de relacionamento ou conexões com qualquer um dos autores, empresas  ou (possivelmente) instituições que estejam ligadas / conectadas aos artigos.

Deveres dos Autores:

• Padrões de descrição: Autores de relatórios de pesquisas originais deverão apresentar uma descrição  preciso da trabalho realizado, bem como uma análise objetiva de seu significado. Dados subjacentes devem ser apresentados com precisão no artigo. Um documento deve conter detalhes e referências suficientes para permitir que outros possam replicar o trabalho. Declarações fraudulentas ou intencionalmente imprecisas constituem um comportamento antiético e são inaceitáveis.

• Originalidade e Plágio: Os autores devem garantir que suas obras sejam totalmente originais, e se os autores usaram o trabalho e / ou palavras de outros autores, estas devem ter sido devidamente citadas Plágio, em todas as suas formas, constitui um comportamento antiético de publicação e é inaceitável.

• Publicações múltiplas, redundantes ou concorrentes: Um autor não deve, em geral, publicar manuscritos que descrevam, essencialmente, a mesma pesquisa em mais de uma revista ou publicação primária. Submeter o mesmo manuscrito a mais de uma revista simultaneamente e / ou publicar o mesmo artigo em diferentes revistas constituem um comportamento antiético de publicação e é inaceitável.

• Reconhecimento de Fontes: Reconhecimento adequado do trabalho dos outros deve ser feito sempre. Os autores devem citar as publicações que têm sido influente na determinação da natureza do trabalho relatado. As informações obtidas em caráter privado, como na conversa, correspondência, ou discussão com terceiros, não devem ser utilizadas ou relatadas sem permissão explícita e por escrito da fonte. As informações obtidas no curso de serviços confidenciais, tais como manuscritos de arbitragem ou pedidos de subvenção, não devem ser utilizados sem a autorização explícita e por escrito do autor do trabalho envolvido nesses serviços.

• Autoria do Artigo: A autoria deve ser limitada aqueles que fizeram uma contribuição significativa para a concepção, projeto, execução ou interpretação do estudo relatado. Todos aqueles que fizeram contribuições significativas devem ser listados como coautores. Outros que tenham participado em aspectos substantivos do projeto de pesquisa, também devem ser reconhecidos ou listados como colaboradores. O autor deve se assegurar que todos os coautores adequados e nenhum inadequado estão incluídos no artigo, que todos os coautores viram, aprovaram a versão final do documento e concordaram em sua apresentação para publicação.

• Divulgação e Conflitos de Interesses: Todos os autores devem divulgar em seus manuscritos qualquer conflito de interesse financeiro ou substantivo / material que poderia influenciar os resultados ou as interpretações em seus manuscritos. Todas as fontes de apoio financeiro para o projeto devem ser divulgadas.

• Erros fundamentais em obras publicadas: Quando um autor descobre um erro significativo ou imprecisão na sua própria obra publicada, é obrigação do autor notificar, imediatamente, o editor da revista ou editora e cooperar com o editor para retratar ou corrigir o artigo.

 

Deveres do Publisher

Estamos empenhados em garantir que a obtenção de verbas de publicidade, reimpressão ou outra receita comercial não tenha qualquer impacto ou influência sobre as decisões editoriais.

Os nossos artigos são revisados para garantir a qualidade das publicações científicas e, também somos usuários de CopySpider(software para identificação de plágio).

Esta Política de Ética é baseada em recomendações da Elsevier e do COPE Diretrizes de Melhores Práticas para Editores de Revistas