Capacitações em Assentamentos Rurais e Comunidades Quilombolas: Críticas às Idealizações, Propostas de Educação Continuada

Daniel Tadeu do Amaral, Antonio Wagner Pereira Lopes, Daniele Torres Aro, Maristela Simões do Carmo, Vera Lúcia Silveira Botta Ferrante, Thauana Paiva Gomes, Henrique Carmona Duval

Resumo


O presente trabalho aborda a temática da extensão rural em assentamentos de reforma agrária no Estado de São Paulo, tendo como base a proposta de construção e realização de capacitações estabelecidas através do contrato de prestação de serviços entre a Superintendência Regional do INCRA – SP e a UNIARA no ano de 2011. Como fruto desta experiência, foram realizadas 31 capacitações, perfazendo 280 horas de cursos, abrangendo 717 assentados nas regiões de Andradina, Araraquara, Itapeva, Promissão, Ribeirão Preto, grande São Paulo e Pontal do Paranapanema. Neste artigo discute-se extensão rural, os critérios estabelecidos para construção da proposta, descrevese os cursos realizados e, por fim, a avaliação dos envolvidos quanto aos limites e potencialidades da proposta. Refere-se, também, às especificidades das demandas e oficinas feitas nas comunidades quilombolas.


Texto completo:

PDF

Referências


BRASIL. Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Regulamento

técnico de identidade e qualidade de leite cru refrigerado. In: BRASIL.

Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Instrução normativa n°51, de 18 de setembro de 2002.

Diário Oficial da União, 20 set. 2002. Seção 1, p.13.

CALDART, R.S. Educação em Movimento: Formação de Educadoras e

Educadores no MST. Petrópolis: Vozes, 1997.

CAPORAL, F. R., Ramos. L. de F. Da extensão rural convencional à

extensão rural para o desenvolvimento sustentável: enfrentar desafios

para romper a inércia, Brasília, setembro de 2006.

CAPORAL, F. R, COSTABEBER, J. A. Agroecologia e desenvolvimento

sustentável: perspectivas para uma nova extensão rural. In: Agroecologia e Desenvolvimento Rural Sustentável, Porto Alegre, v.1, n.1, jan/mar, 2000.

CARMO, MARISTELA SIMÕES do. Agroecologia: novos caminhos para a

agricultura familiar. Revista Tecnologia & Inovação Agropecuária, dez.

CASTRO, K.N.C. Vantagens da ordenha com higiene. 2009. Artigo em

Hipertexto. Disponível em:

Ordenha/index.htm>. Acesso em: 14/4/2011

DINIZ, P.C.O, Lima, Jorge R. Tavares, Almeida, A. Chamadas públicas da ATER: primeiras reflexões. Disponível em:. Acesso em 20/09/2011.

FREIRE, P. Extensão ou Comunicação. Ed. Paz e Terra, São Paulo, 1968.

MÜLLER, E.E. Qualidade Do Leite, Células Somáticas E Prevenção Da

Mastite. Anais do II Sul- Leite: Simpósio sobre Sustentabilidade da

Pecuária Leiteira na Região Sul do Brasil / editores Geraldo Tadeu dos

Santos et al. - Maringá : UEM/CCA/DZO - NUPEL, 2002. 212 P. Toledo - PR, 29 e 30/08/2002.

PEIXOTO, M. Extensão Rural No Brasil - Uma Abordagem Histórica Da

Legislação. In: Consultoria Legislativa do Senado Federal, Brasília, texto

de discussão 48, out./ 2008.

PRESTES, D. S.; FILAPPI, A.; CECIM, M. Susceptibilidade à mastite:

fatores que a influenciam – uma revisão. Revista da Faculdade de

Zootecnia, Veterinária e Agronomia, v. 9, n. 1, p. 48-59, 2003.

QUEDA, ORIOWALDO. A extensão rural no Brasil: da anunciação ao

milagre da modernização agrícola. Tese Piracicaba, 1987

ROSA, S. S. Construtivismo e mudança. In: Questões da nossa época. n.5, ed. São Paulo: Cortez, 1997.

SANTOS, M. V.; FONSECA, L. F. L. Importância e efeito de bactérias

psicrotróficas sobre a qualidade do leite. Revista Higiene Alimentar, São

Paulo, v. 15, n. 82, p. 13-19, 2001.

ZANELA, M.B. Caracterização do leite produzido no Rio Grande do

Sul, ocorrência e indução experimental do leite instável não ácido

(LINA). 2004. 150p. Tese (Doutorado) – Universidade Federal de Pelotas,

Pelotas.




DOI: http://dx.doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2012.v15i2.126

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista Eletrônica Retratos de Assentamentos



Revista Retratos de Assentamentos e-ISSN: 2527-2594 

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.