Teoria dos Sistemas, Cultura e Espaços Rurais de Reforma Agrária

Valéria Andreatta Whitaker, Marinaldo Fernando de Souza, Dulce Consuelo Andreatta Whitaker

Resumo


Conceitos básicos de Ecologia Teórica e dos princípios que regulam os ecossistemas são discutidos em relação ao conceito antropológico de cultura. Estes princípios foram se formando ao longo do desenvolvimento da Ecologia, junto com o avanço de outras ciências não necessariamente de base biológica, tais como a Matemática e a Física. A compreensão mais profunda da Ecologia em projetos de cunho interdisciplinar é importante porque ela é tanto uma Ciência unificadora englobando várias disciplinas do campo do conhecimento, como uma Ciência da Totalidade, cujos princípios podem ser aplicados a qualquer outra ciência. Sua origem e evolução se diferenciam das ciências modernas que surgiram a partir da Renascença, porque ao acontecer na virada do século XIX para o XX, desenvolvendo-se junto com as teorias do pensamento sistêmico no início deste século, a Ecologia inspirou este novo pensamento, culminando com o surgimento da Teoria Geral dos Sistemas na busca de uma unificação transdisciplinar proposta pela Nova Ciência da atualidade. Aplicando a Teoria dos Sistemas à análise dos comportamentos do indivíduo e do grupo, é possível uma abordagem mais compreensiva em relação aos Assentamentos de Reforma Agrária.


Palavras-chave


Nova Ciência; Meio Ambiente; Relação Rural-Urbano.

Texto completo:

PDF

Referências


CAPRA, F. O ponto de mutação. São Paulo: Cultrix, 1982.

CAPRA, F. A teia da vida: uma nova compreensão científica dos

sistemas vivos. São Paulo: Cultrix, 1996.

CARDOSO, R.C.L. Subcultura: uma terminologia adequada? In:

Cadernos de Pesquisa N° 14, São Paulo: Fundação Carlos Chagas, 1975.

DUGAN, P. J. Wetlands in the 21th century: the challenge to conservation

science. In: MITSCH, W. J. (Ed) Global Wetlands: Old Word and New 75-

Elsevier Science, 1994.

MORIN, E. O método 1: a natureza da natureza. Porto Alegre: Sulina,

MARGALEF, R. Ecologia. Barcelona: Omega, 1977.

GEERTZ, C. A interpretação das culturas. Rio de Janeiro: Zahar, 1978.

LAZLO, E. O Nascimento de um Novo Mundo In: Simon, T. O., O Mistério 2012 Predições, Profecia e Possibilidades. Geração Editorial,

ODUM, E.P. Ecologia. (Basic ecology, 1983). Christopher J. Tribe (Trad.).

Rio de Janeiro: Guanabara, 1988. 434 p.

PESSIS-PASTERNAK, G. Do caos à inteligência artificial. São Paulo:

UNESP, 1993.

WHITAKER, D. C. A.; FIAMENGUE, E. C. Assentamentos de Reforma

Agrária: Uma Possibilidade de Diversidade Agrícola. In: FERRANTE,

V.L.S.B. (Org.). Retratos de Assentamentos. Araraquara, Ano VI, n. 8, p.

-31, Programa de Pós-graduação em Sociologia FCL/UNESP/

NUPEDOR/CNPq, 2000.

WHITAKER, D. C. A Ideologia X Cultura: como harmonizar esses conceitos tão antagônicos? In: MELO SOUZA, F. A. et. al. Teoria e Prática nas Ciências Sociais. Araraquara: Cultura Acadêmica, 2003.

____________ A Cultura e o Ecossistema: questões conceituais. In:

WHITAKER, D.C.A.; BEZZON, L. C. A Cultura e o Ecossistema:

reflexões a partir de um diálogo. Campinas: Ed Alínea, 2006.

____________ Memória Social, Meio Ambiente e Envelhecimento no

Brasil Rural: três olhares (estudo comparativo). Projeto de Pesquisa,

Bolsa Produtividade, CNPq, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2013.v16i2.151

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista Eletrônica Retratos de Assentamentos



Revista Retratos de Assentamentos e-ISSN: 2527-2594 

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.