Segurança Alimentar e Agricultura Familiar: Um Balanço de uma Experiência Municipal Recente

Luiz Manoel de Moraes Camargo Almeida, Vera Lucia Silveira Botta Ferrante

Resumo


O presente trabalho analisa as políticas públicas de segurança alimentar como instrumentos de desenvolvimento nos espaços locais e regionais voltados ao objetivo de elevar as condições de renda e de emprego na agricultura familiar. Mostra que mecanismos institucionais desenvolvidos a partir de políticas públicas participativas podem promover o  desenvolvimento rural local e regional com possibilidades de inclusão social. Tal constatação reforça a hipótese de que alternativas institucionais podem levar os agricultores familiares (assentados ou dos fluxos agroindustriais tradicionais) a compor efetivamente a agenda política local. Nesse sentido, identifica os níveis de (In) Segurança Alimentar da população assistida, as eficácias e entraves dos programas municipais de Araraquara-SP, centralizados sob a gestão da Coordenadoria de Agroindústria e Segurança Alimentar e mostra que tais iniciativas podem ser consideradas como um embrião de modelo de desenvolvimento alternativo às economias regionais, capaz de alterar, com ganho qualitativo, padrões de segurança alimentar e de responsabilidade social dos municípios, os quais são visivelmente prejudicados com a má distribuição de renda causada pela expansão da cana, com conseqüentes agravantes na qualidade de vida.


Palavras-chave


Políticas Públicas; Programas Locais de Segurança Alimentar; Agricultura Familiar.

Texto completo:

PDF

Referências


ABRAMOVAY, R. Para uma teoria dos estudos territoriais. In.

ORTEGA; NIEMEYER. Desenvolvimento Territorial, Segurança

Alimentar e Economia Solidária. Campinas: Editora Alínea, 2007.

ABRAMOVAY, R. O futuro das regiões rurais. Porto Alegre:

UFRGS Editora, 2003.

ABRAMOVAY, R. Capital social dos territórios: repensando o

desenvolvimento rural. In: IV Encontro da Sociedade Brasileira de

Economia Política, 1999, Porto Alegre. Anais..., Porto Alegre, 1999.

BELIK, W. Políticas de seguridad alimentaria para las áreas urbanas.

In: BELIK, W. (Org.) Políticas de seguridad alimentaria y nutrición

em Amercia Latina. São Paulo: Hucitec, 2004. p. 283-318.

CUNHA A R. et al. Políticas locais de acesso alimentar: entre a

regulação e as políticas compensatórias. In: BELIK, W.; MALUF,

R.S. (Orgs.) Abastecimento e segurança alimentar: os limites da

liberalização. Campinas: IE/UNICAMP. 2000, p.183-208.

FOLKE; BERKES (Orgs). Linking Social and ecological system:

institutional lerning for resilience. Cambridge: Cambridge University

Press, 1998.

KURANAGA, A.A. ; ALMEIDA, L.M.; FERRANTE, V.L.S.B.;

BERGAMASCO, S.M.P.P. Redes de segurança alimentar e agricultura

familiar: o programa “Direto no Campo” do município de Araraquara-

SP como instrumento de desenvolvimento local. Informações

Econômicas. Campinas, Instituto de Economia Agrícola, v.37, p.1-14,

MONASTERIO, L.M. Putnam no Pampa: capital social e a metade

sul do Rio Grande do Sul. In: II Seminário da Nova Economia

Institucional, julho/2001, IE/UNICAMP. Anais..., Campinas, 2001,

CD-ROM.

NABUCO, M.R.; PORTO, S.I. Como planejar e executar o alimentar

municipal. In: BELIK, W.

MALUF, R.S. (Org.) Abastecimento e segurança alimentar: os

limites da liberalização. Campinas: IE/UNICAMP. 2000, p. 209-234.

NORTH, D. Institutions, institutional change and economic

performance. Cambridge: Cambridge University Press, 1994.

ORTEGA; NIEMEYER. (Orgs) Desenvolvimento Territorial,

Segurança Alimentar e Economia Solidária. Campinas: Editora

Alínea, 2007.

PAULILLO, L.F.; PESSANHA, L. Segurança alimentar, políticas

públicas e regionalização: In. PAULILLO, L.F. et. alli. Reestrutração

agroindustrial, políticas públicas e segurança alimentar regional.

São Carlos: Edufscar, 2002.

PUTNAM, R.D. Comunidade e Democracia: a experiência da Itália

Moderna. Rio de Janeiro: Fundação Getúlio Vargas, 1996.

THIOLLENT, M. Pesquisa-ação nas Organizações. São Paulo:

Editora Atlas, 1997.

WEBSTER, N. Undertanding the envolving diversities and

originalities. In: Rural social movements in the globalization. Civil

Society and Social Movements Program. Paper n.7, feb. United

Nations Research Institute for Social Developmente, 2004.

WHITAKER, D.C.A . Sociologia Rural: questões metodológicas

emergentes. Presidente Venceslau: Letras à Margem, 2002.




DOI: http://dx.doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2008.v11i1.20

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista Eletrônica Retratos de Assentamentos



Revista Retratos de Assentamentos e-ISSN: 2527-2594 

Uniara – Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.