Cultura ambiental no território caipira: história e saberes tradicionais das mulheres do noroeste paulista.

Fábio Fernandes Villela

Resumo


O texto apresenta o projeto de ensino-pesquisa-extensão intitulado: “Cultura ambiental no território caipira: história e saberes tradicionais das mulheres do noroeste paulista”. O projeto tem por objetivo trabalhar com a cultura ambiental do noroeste paulista – SP, do ponto de vista do seu desenvolvimento sustentável. Tem como objeto o “território caipira”, construção social e identidade cultural do noroeste paulista – SP. Possui como objetivos gerais a compreensão da história e dos saberes tradicionais das mulheres do “território caipira” e como objetivos específicos, a educação de jovens e adultos (EJA), especialmente das mulheres do “território caipira”. As razões que justificam este projeto são: a inclusão produtiva das mulheres e a consolidação de redes socioeconômicas da agricultura familiar no âmbito dos territórios rurais e as possibilidades de ações para a inclusão produtiva das mulheres do “território caipira”. Por fim, tem como resultados esperados a articulação dos saberes com as diferentes áreas do conhecimento, possibilitando a vivência de novos valores, o desencadeamento de ações coletivas, bem como a elevação de escolaridade associada à qualificação social e profissional, possibilitando novas aprendizagens.


Palavras-chave


Cultural Ambiental; Desenvolvimento Sustentável; Agricultura Familiar; Território Rural Noroeste Paulista – SP; Educação de Jovens e Adultos (EJA)

Texto completo:

PDF

Referências


ACCEPAR. Associação de Comunicação, Cultura, Esporte e Produção do Assentamento Reunidas (Accepar), Promissão – SP. Assentamentos de reforma agrária do noroeste paulista. [mensagem pessoal]. Mensagem recebida por em 12 jan. 2014.

ALMEIDA, A. de. Vida e morte do tropeiro. São Paulo: Martins; Edusp, 1981.

AMARAL, A. O dialeto caipira. São Paulo: Anhembi Limitada, 1955.

ALVIM, Z. Brava gente: os italianos em São Paulo. São Paulo: Brasiliense,1986.

BERY, M.G. La cultura ambiental y el promotor cultural: una mirada necesaria en la comunidad “El Tivoli” en Santiago de Cuba. Santiago de Cuba: Universidad de Oriente, 2009. 80 p. Dissertação (Master en Desarrollo Cultural Comunitario) – Programa de Pós-graduação em Desarrollo Cultural Comunitario, Facultad de Humanidades, Universidad de Oriente, Santiago de Cuba, 2009.




DOI: http://dx.doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2016.v19i1.200

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2016 Revista Eletrônica Retratos de Assentamentos

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Revista Retratos de Assentamentos e-ISSN: 2527-2594 

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.