Agroecologia e economia solidária frente ao modo de produção capitalista e a questão da sustentabilidade

João Costa de Oliveira, Pedro Ivan Christoffoli

Resumo


Este trabalho aborda a questão da sustentabilidade a partir da relação entre a agroecologia e economia solidária e destas com o modo de produção capitalista. Ante a eminência de uma catástrofe ecológica, líderes mundiais têm se reunido e tecido acordos que partem dos interesses do capital mundial articulados pelas nações centrais. Há o que se esperar desses acordos oficiais tomando-se a sustentabilidade em perspectiva? Agroecologia e economia solidária representam opção viável e coerente nesse cenário? Cotejando concepções diversas, toma-se a agroecologia como uma ‘matriz sociocultural’ que se forma das lutas e teorizações contraditórias ao paradigma ocidental de desenvolvimento, que reúne, sobretudo, experiências latinoamericanas e que se firma como uma totalidade alternativa. A economia solidária, figura, ao fim, como instrumento tático dentro da estratégia agroecológica.


Palavras-chave


Agroecologia; Sustentabilidade; Modo de Produção; Matriz Sociocultural; Economia Solidária.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2017.v20i2.284

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2018 João Costa de Oliveira

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Revista Retratos de Assentamentos e-ISSN: 2527-2594 

Uniara – Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.