Agriculturas e agricultura familiar no Brasil: uma revisão de literatura

Antônia Francisca Lima, Edvânia Gomes de Assis Silva, Bruna de Freitas Iwata

Resumo


O presente artigo apresenta como objetivo geral elaborar uma revisão de literatura referente ao tema da agricultura, seu surgimento e evolução histórica no mundo, bem como, discutir os vários significados da agricultura familiar e sua importância para a produção e abastecimento brasileiro, à luz das teorias acadêmicas e dos investimentos governamentais, a partir da década de 1990. A metodologia empregada consistiu de levantamento bibliográfico. A pesquisa evidenciou que a agricultura familiar, apresenta uma diversidade de classificação, bem como ideias pré-concebidas, associando à produção de baixa renda, precária ou de subsistência, porém suas principais características residem na gestão da propriedade compartilhada pela família, atividade agropecuária como principal fonte geradora de renda e uma relação particular mantida pelo agricultor familiar com a terra, seu local de trabalho e moradia. Os dados mostraram que mais de 70% dos alimentos, que abastecem a população brasileira, advém da agricultura familiar, sendo que metade dos estabelecimentos familiares, concentram-se na região Nordeste. Nesse cenário, destacam-se os programas governamentais voltados a esse público, principalmente os financiamentos das atividades produtivas.


Palavras-chave


Sistemas Agrários; Agricultura Familiar; PRONAF.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2019.v22i1.332

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2019 antonia FRANCISCA LIMA

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Revista Retratos de Assentamentos e-ISSN: 2527-2594 

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.