Saneamento Ambiental no Meio Rural Etransição Agroecológica: Um Estudono Assentamento Horto Loreto -Araras/SP

Keila Cássia Santos Araújo Lopes, Paulo Rogério Lopes, Janice Rodrigues Placeres Borges

Resumo


Este trabalho foi realizado no Assentamento Rural Horto Loreto, localizado no município de Araras, interior do Estado de São Paulo. Os objetivos consistiram em diagnosticar e analisar a qualidade do saneamento ambiental local, verificando suas implicações para o processo de transição agroecológica dos agroecossistemas. Para a coleta de dados foram utilizadas abordagens quantitativas e qualitativas, através de questionários fechados e entrevistas semi-estruturadas, respectivamente. Os resultados inferem que a ausência de serviços públicos de infra-estrutura em saneamento no meio rural, práticas sanitárias cotidianas ineficientes realizadas pelos assentados e o manejo intensivo dos agroecossistemas com agroquímicos contribuem com insalubridade dos recursos naturais. Sendo, a Agroecologia, ciência que visa a interação positiva entre os recursos naturais e a produção agrícola com princípios sustentáveis, considera-se essencial ao processo de transição agroecológica que o quesito sanitário nas áreas rurais seja averiguado e sancionado, principalmente pela função primordial que o saneamento exerce sobre a qualidade dos recursos naturais e, 2014 consequentemente, na saúde dos seres humanos. Tais pressupostos justificam a necessidade de inserir o saneamento como um dos primeiros passos a serem atingidos no processo de conversão agroecológica.


Palavras-chave


Rural Settlements; Environmental Sanitation; Agroecology.

Texto completo:

PDF

Referências


AGÊNCIA NACIONAL DE ÁGUAS. Projeto de gerenciamentointegrado das atividades desenvolvidas em terra na bacia do São 2014Francisco ANA/GEF/PNUMA/OEA: Subprojeto 4.5C– Plano Decenal deRecursos Hídricos da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco-PBHSF (2004-2013): síntese do resumo executivo do PBHSF com apreciação das deliberaçõesdo CBHSF. Brasília, 2004.

ALTIERI, M. A. Agroecologia: as bases científicas da agricultura alternativa.Rio de Janeiro: PTA: FASE, 1989.

ALMEIDA, T. L. de. Implicações ambientais dos processos de atenuaçãode lixiviado em locais de disposição de resíduos sólidos urbanos. Tese(Doutorado). Escola de Engenharia de São Carlos. Universidade de São Paulo,São Carlos, 2009.

AQUINO, S. L. de; PEDLOWSKI, M. A.; CANELA, M. C.; SILVA, I. L. A.Analisando os impactos sócio ambientais resultantes do uso de agrotóxicos numassentamento de reforma agrária. Encontro da ANPPAS. Brasília, 2006. In:Anais..., Brasília/DF, 2006.

ASSIS, R. L. de. Agricultura orgânica e agroecologia: questões conceituaise processo de conversão. Seropédica: Embrapa Agrobiologia, 2005.(Documentos, 196).

BARCELLOS, C. M.; ROCHA, M. D. A.; RODRIGUES, L. do S.S.; COSTA,C.C; OLIVEIRA, P. R. de; SILVA, I. J. da; JESUS, E. F. M. de; ROLIM, R.G. Avaliação da qualidade da água e percepção higiênico-sanitária na área ruralde Lavras, Minas Gerais, Brasil, 1999-2000. Cadernos de Saúde Pública,Rio de Janeiro, v. 22, n. 9, p. 1967-1978, set. 2006.

BARRETO, M. L.; CARMO, E. H. Tendências recentes das doenças crônicasno Brasil. In: LESSA, I. O adulto brasileiro e as doenc’Àas da modernidade:epidemiologia das doenças crônicas naÞo transmissiìveis. São Paulo: Hucitec,Rio de Janeiro: Abrasco, 1998. p. 15-27.

BRASIL. Lei 4957/85, de 30 de dezembro de 1985. Dispõe sobre planospúblicos de valorização e aproveitamento dos recursos fundiário. Governo doEstado de São Paulo, SP, 30 dez. 1985. Disponível em: . Acesso em: 15 maio.2015.

CAPORAL, F. R.; COSTABEBER, J. A. Agroecologia: alguns conceitos eprincípios. Brasília: Emater; Dater, 2007.

CARVALHO, A. R. de; OLIVEIRA, M. V. C. de. Princípios básicos dosaneamento do meio. 9. ed. São Paulo: SENAC, 2007.

CYNAMON, S. E. Saúde como parâmetro norteador da política de saneamento.In: HELLER, L. et al. (Orgs.) Saneamento e saúde nos países emdesenvolvimento. Rio de Janeiro: CC&P, p. 349-352, 1997.

EMBRAPA. Marco Referencial em Agroecologia. Brasília-DF, p. 70, 2006.

FRANCO NETTO, G; BELTRAMI, A. C.; RODRIGUES, C.; RHOLFS, D.B.; SALES, L. B. F.; ALONZO, H. G. A. Por um movimento nacionalecossanitário. Conferência nacional de saúde ambiental. Brasília, 2009. In:Anais..., Brasília/DF, p.7-15, 2009.

FUNDAÇÃO NACIONAL DE SAÚDE. Manual de Saneamento. 3ª ed.Brasília: 2006.

GLIESSMAN, S. R. Agroecologia: processos ecológicos em agriculturasustentável. Porto Alegre: UFRGS, 2005.

GOLDENBERG, M. A arte de pesquisar: como fazer pesquisa qualitativa emCiências Sociais. 10ª ed. Rio de Janeiro: Record, 2007.

HOGAN, D. J.; CARMO, R. L. do; ALVES, H. P.; RODRIGUES, I. A.Sustentabilidade no Vale do Ribeira (SP): conservação ambiental e melhoria dascondições de vida da população. Ambiente & Sociedade, Campinas, v.2, ns.3e 4, p.25-45, 1999.

LOPES, P. R. Caracterização da Incidência e Evolução de Pragas eDoenças em Agroecossistemas Cafeeiros sob Diferentes Manejos.Dissertação (Mestrado em Agroecologia e Desenvolvimento Rural). UFSCar,São Carlos, 2009.

MARTINE, G.; GARCIA, R. C. (Orgs.). Os impactos sociais damodernização agrícola. São Paulo: Ed. Caetés, 1987. p. 19-37.

MATTOS, K. M. C. da. Viabilidade da irrigação com água contaminadapor esgoto doméstico na produção hortícola. Tese (Doutorado emAgronomia). Universidade Estadual Paulista “Júlio de Mesquita Filho”, Botucatu,2003.

MAUROELLI, W. A.; SILVA, H. R. da. Aspectos sanitários da água parafins de irrigação. Embrapa Hortaliças, 1998. (Boletim Técnico).

MAY, M.S.S; MORAES, L.R.S; PIRES, L.M.L. Saneamento ambiental emassentamento de trabalhadores rurais: o exemplo de Dandara dos Palmaresno município de Camamu - Bahia. Disponível em: . Acesso em: 18/10/2008.

MINAYO, M. C. S. de; ASSIS, S. G.; SOUZA, E. R. Avaliação portriangulação de métodos. Rio de Janeiro: Fiocruz, 2005.

MOURA, R. B. S. Análise sanitário-ambiental da exposição da populaçãode Tucuruí – PA. Dissertação (Mestrado) - Escola de Engenharia de São Carlos,Universidade de São Paulo, 2006.

NATAL, D.; MENEZES, R. M. T. de; MUCCI, J. L. N. Fundamentos deecologia humana. In: PHILIPPI JÚNIOR, A. (Ed.). Saneamento, saúde eambiente. Barueri/SP: Manole, p. 57-86, 2005 (Coleção Ambiental).

NEVES, M. C. P. Boas práticas agrícolas e a produção orgânica de frutas,legumes e verduras. Seropédica/RJ: Embrapa Agrobiologia, 2005.(Documentos, 200).

NUNES, J. L. S. da; GUERRA, D. S.; ZANINI, C.; GRASSELLI, V.;ARGENTA, F.; FACCHIN, H.; MARODIN, G. A. B. Produção integrada econvencional de pêssego cv. Marli. Revista Brasileira de Fruticultura,Jaboticabal, v. 26, n. 3, p. 478-481, 2004.

PINHEIRO, T. M. M.; SILVA, J. M. da; CARNEIRO, F. F.; FARIA, H. P. de;SILVA,E. N. Saúde no campo. Conferência nacional de saúde ambiental. Brasília, 2009.In: Anais..., p.25-29, Brasília, 2009.

QUIANTE, D. Procedimentos para apropriação de tecnologias paraimplantação de sistema de saneamento ambiental em comunidadesisoladas e com poucos recursos financeiros e humanos. Dissertação(Mestrado) – Escola Politécnica da Universidade de São Paulo, Universidadede São Paulo, São Paulo, 2008.

RAZZOLINI, M. T. P.; GUNTHER, W. M. R. Impactos na saúde dasdeficiências de acesso a água. Saúde e Sociedade, São Paulo, v.17, n.1, p.21-32, 2008.

ROCHA, A. A. Controle da qualidade do solo. In: PHILIPPI JÚNIOR, A.(Ed.). Saneamento, saúde e ambiente. Barueri/SP: Manole, 2005, p.485-515. (Coleção Ambiental).

ROQUE, O. C. C. Sistemas alternativos de tratamento de esgotosaplicáveis as condições brasileiras. Tese (Doutorado em Saúde Pública).Fundação Oswaldo Cruz, Rio de Janeiro, 1997.

RUAS, D. G. G.; LOZANI, M. C. B.; BRAY, S. C. Os 10 anos de atividadesdos assentamentos rurais de Araras I e II no município de Araras-SP. XII EncontroNacional de Geografia Agrária – Rio Claro. Anais..., Boletim de GeografiaTeorética, v.25, n.49/50, p.723-735, 1995.

SOARES, W. L; PORTO, M. F. Atividade agrícola e externalidade ambiental:uma análise a partir do uso de agrotóxicos no cerrado brasileiro. Ciência &Saúde Coletiva, Rio de Janeiro, v.12, n.1, p.131-143, 2007.

SOUTO, R. A. de. Avaliação sanitária da água de irrigação e de alfaces(Lactuca sativa L.) produzidas no município de Lagoa Seca, Paraíba.Dissertação (Mestrado em Agronomia). Departamento de Fitotecnia eProduçãoVegetal Programa de Pós-Graduação em Agronomia, UniversidadeFederal da Paraíba, Areia, PB, 2005.

SOUZA, J. M. M. de; LORETO, M. D. S. das; CUNHA, B. G.; LOCATEL,C. D. A reforma agrária e a qualidade de vida das famílias assentadas em Sergipe.Simpósio sobre Reforma Agrária e Assentamentos Rurais. In: Anais...,Araraquara: NUPEDOR, 2010.

VIRGA, R.H.P.; GERALDO, L. P.; SANTOS, F. H. dos. Avaliação decontaminação por metais pesados em amostras de siris azuis. Ciência Tecnologiade Alimentos, Campinas, v. 27, n. 4, p. 779-785, 2007.




DOI: http://dx.doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2014.v17i2.172

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista Eletrônica Retratos de Assentamentos

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Revista Retratos de Assentamentos e-ISSN: 2527-2594 

Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.