As Lutas Sociais dos Canavieiros no Interior de São Paulo entre as Décadas de 1940 e 1980: Assassinato e Impunidade

Autores

  • Danilo Valentin Universidade de São Paulo - USP
  • Gabriel da Silva Teixeira Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
  • Luciana Carvalho e Souza Universidade de São Paulo - USP
  • Osvaldo Aly Junior Centro Universitário de Araraquara - UNIARA
  • Rafael Aroni Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP
  • Yamila Goldfarb Universidade de São Paulo - USP

DOI:

https://doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2015.v18i2.211

Palavras-chave:

Greve Guariba, Repressão, Sindicatos Rurais, Partido Comunista Brasileiro.

Resumo

O Estado de São Paulo é comumente retratado como o estado mais moderno do país, cujo campo seria o mais desenvolvido. Essa ideia esconde e sempre escondeu uma faceta perversa do desenvolvimento do capitalismo no campo: a imensa precariedade nas condições de vida e de trabalho e a enorme exploração dos trabalhadores, faceta essa que só se agravou com os períodos autoritários. O presente artigo busca retratar justamente isso, bem como parte da resistência que houve a essas condições no Estado, particularmente as ligadas à produção canavieira.

Biografia do Autor

Danilo Valentin, Universidade de São Paulo - USP

Geógrafo pela FCT-UNESP, Mestre em Ciências pela EACH-USP, Conselheiro da ABRA e Pesquisador do NERA

Gabriel da Silva Teixeira, Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP

Doutorando em Ciências Sociais pela UNICAMP. Pesquisador da Comissão Estadual da Verdade Rubens Paiva, Conselheiro da ABRA SP

Luciana Carvalho e Souza, Universidade de São Paulo - USP

Doutoranda em geografia pela Universidade de São Paulo

Osvaldo Aly Junior, Centro Universitário de Araraquara - UNIARA

Engenheiro Agrônomo, MSc PROCAM-USP, doutorando do Instituto de Geociências da Universidade de São Paulo (IGc-USP), professor colaborador UNIARA, pesquisador do NUPEDOR, e do CEPAS-IGc-USP

Rafael Aroni, Universidade Estadual de Campinas - UNICAMP

Doutorando em Ciência Política pela Unicamp e Professor de Sociologia PEB II.

Yamila Goldfarb, Universidade de São Paulo - USP

Doutora em Geografia Humana pela Universidade de São Paulo e Pesquisadora da Comissão Estadual da Verdade Rubens Paiva

Referências

ALVES, Francisco José da Costa. Modernização da agricultura e sindicalismo: as lutas dos trabalhadores assalariados rurais na região canavieira de Ribeirão Preto. Tese (Doutorado) IE/Unicamp, Campinas, 1991.

ARONI, Rafael. A greve de Guariba (1984) no imaginário sociológico de estudantes secundaristas, Revista Interdisciplinar de Direitos Humanos, v.3, n.3, 2014.

BARONE, Luis Antonio. A economia moral num mundo de agricultura

modernizada: o caso da greve dos boias-frias de Guariba. Retratos de Assentamentos, Araraquara, ano V, n.7, p.103-123, 1999.C

BRAGHETO, José Domingos. Depoimento à Comissão da Verdade Rubens Paiva, 2014.

COMISSÃO DA VERDADE RUBENS PAIVA. Audiência Pública sobre

a repressão no campo. São Carlos, setembro, 2014.

FOLHA DE S. PAULO. Economia, duas pessoas morrem em choque entre PB e bóias- frias. 12 de julho de 1986. FOLHA DE S. PAULO. Tuma afirma que CUT pode estar envolvida. 12 de julho de 1986.

FOLHA DE S. PAULO. Sarney diz que problema é do governador Montoro. 12 de julho de 1986.

GRAZIANO DA SILVA, José. De Bóias-frias a Empregados Rurais: as greves dos canavieiros paulistas de Guariba e de Leme. Maceió: Edufal, 1997.

NOVARES, Roberto; ALVES, Francisco. Guariba 1984. Universidade

Federal de São Carlos, 2001. Disponível em https://www.youtube.com/watch?v=3aLBbG6iIqI. Acesso em novembro de 2014.

PENTEADO, Maria Antonieta. Estratégia da fome: trabalhadores e

trabalhadoras da cana, maio de 1984. Dissertação (Mestrado em História). Unicamp, Campinas, 1995. 232pp.

SANTOS, Maria Aparecida dos. Irineu Luiz de Moraes ou Irineu de Moraes, breve notas. Texto inédito. In: WELCH, Clifford Andrew. A semente foi plantada. São Paulo: Expressão Popular, 2010.

SILVA, Emiliana Andreo da. Despertar do campo: Lutas camponesas no interior do Estado de São Paulo. São Paulo, Arquivo do Estado, Imprensa Oficial do Estado de São Paulo, 2003. In: WELCH, Clifford Andrew. A semente foi plantada: as raízes paulistas do movimento sindical camponês no Brasil, 1942-1964. 1a edição, São Paulo. Expressão Popular, 2010.

TERRA LIVRE. Ribeirão preto: líder camponês Irineu de Moraes ameaçado de prisão. Março, 1963. TR IBUNA DE RIBE IRÃO, Entrevista com Claudinei Nacarato, 07 dezembro, 1996.

WELCH, Clifford Andrew. A semente foi plantada. São Paulo. Expressão Popular, 2010.

Downloads

Publicado

2016-07-08

Como Citar

Valentin, D., Teixeira, G. da S., Souza, L. C. e, Aly Junior, O., Aroni, R., & Goldfarb, Y. (2016). As Lutas Sociais dos Canavieiros no Interior de São Paulo entre as Décadas de 1940 e 1980: Assassinato e Impunidade. Retratos De Assentamentos, 18(2), 69-85. https://doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2015.v18i2.211

Edição

Seção

Artigos Originais

Artigos Semelhantes

Você também pode iniciar uma pesquisa avançada por similaridade para este artigo.