Cultura escolar e experiência educacional no meio rural: estudo histórico do grupo escolar comendador Pedro Morganti (Araraquara–SP, 1942/1988)

Autores

  • Reginaldo Anselmo Teixeira Doutorando do Programa de Pós Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências UNESP/Marília-SP. Professor na Rede Municipal de Educação de Araraquara/SP.
  • Rosa Fátima de Souza Professora titular da Universidade Estadual Paulista Júlio de Mesquita Filho, no Departamento de Ciências da Educação e Professora do Programa de Pós-Graduação em Educação da Faculdade de Filosofia e Ciências /UNESP/Campus de Marília.

DOI:

https://doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2017.v20i2.285

Palavras-chave:

Grupo Escolar Rural, Cultura Escolar, História da Escola Primária, Ensino Rural.

Resumo

O presente estudo teve como objetivo investigar a história de uma escola primária rural criada nas terras pertencentes à Usina Tamoio, município de Araraquara, no período de 1942 a 1988. A decisão pelo corte cronológico se justifica pela data de sua criação como Grupo Escolar Rural, sugerida pelos documentos encontrados, até a data em que foi temporariamente desativada. Este estudo pretendeu dialogar com as fontes documentais encontradas no interior da escola, assim como com a legislação que a ordenava juridicamente, na tentativa de sistematizar a relação existente entre os diversos atores que a compunham, e a relação com a comunidade em que estava inserida. A partir do diálogo com as fontes documentais, buscamos apresentar vestígios desta micro-história que possam nos levar à uma melhor visualização da cultura escolar da referida instituição no sentido de entender como esta escola desempenhou sua função política, social e cultural no decorrer do tempo.

Downloads

Publicado

2017-07-06

Como Citar

Teixeira, R. A., & de Souza, R. F. (2017). Cultura escolar e experiência educacional no meio rural: estudo histórico do grupo escolar comendador Pedro Morganti (Araraquara–SP, 1942/1988). Retratos De Assentamentos, 20(2), 171-205. https://doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2017.v20i2.285

Edição

Seção

Artigos Originais