Os nós da questão ambiental em PA’s e PDS’s: desafios e perspectivas

Daniel Tadeu do Amaral, Vera Lúcia Silveira Botta Ferrante

Resumo


O presente trabalho procura trazer à tona no universo de estudos dosassentamentos de reforma agrária, numa das regiões de agricultura maismodernizada no país, a temática ambiental, tendo como base dois assentamentosconstituídos em diferentes momentos históricos com enquadramentosdiferenciados (PA e PDS). A temática ambiental serve como eixo condutor daanálise, a qual se apoia em boa parte da revisão bibliográfica. Ao se propor otema teve-se como intuito discutir marcas da legislação ambiental que se fazempresentes na questão agrária contemporânea e também apontar algumasdiferenças existentes entre estas "modalidades mais novas de assentamentos"enquadrados como projetos de desenvolvimento sustentável e modelos deconstituição e enquadramento mais tradicionais, como os PAs – projetos deassentamento. Por fim, o trabalho pretende contribuir para a sistematização deinformações relacionadas à questão ambiental nos assentamentos de reformaagrária e como ela vem sendo conduzida e incorporada pelos diversos atoressociais envolvidos.

Palavras-chave


Reforma Agrária; Questão Ambiental; PDS; PA; Políticas Públicas.

Texto completo:

PDF

Referências


BADIE, B.; HERMET, G. Política Comparada. Cidade do México, FCE,1990.

BRASIL. Decreto nº 7.217, de 05 de janeiro de 2007. Regulamenta a Lei nº11.445, que estabelece diretrizes nacionais para o saneamento básico. DiárioOficial da República do Brasil, Poder Legislativo, Brasília, 21 jun.2010.

BRASIL. Lei 10.257, de 12 de fevereiro 1998 Disciplina os CrimesAmbientais Diário Oficial da República do Brasil, Poder Legislativo,Brasília, 12 abril.2013.

BRITO, A. V. C.; LIMA, P. V. P. S.; OLIVEIRA, J. A. Áreas de Preservação Permanente (APPs) e Áreas de Reserva Legal (ARLs) nosAssentamentos de Reforma Agrária do Brasil. In: VII CONGRESSOLATINOAMERICANO DE SOCIOLOGIA RURAL, 2010, Porto deGalinhas. Anais eletrônicos. Porto de Galinhas, 2010. CD ROM

CONAMA nº. 237 de 1997. BRASIL, Tribunal de Contas da União.Cartilha de licenciamento ambiental / Tribunal de Contas da União.Brasília : TCU, Secretaria de Fiscalização de Obras e Patrimônio da União,2004. 57p.

CARTILHA DE LICENCIAMENTO AMBIENTAL. TCU. 2007. Brasil.Tribunal de Contas da União. Cartilha de licenciamento ambiental /Tribunal de Contas da União; com colaboração do Instituto Brasileiro doMeio Ambiente e dos Recursos Naturais Renováveis. -- 2.ed.- Brasília :TCU, 4ª Secretaria de Controle Externo, 2007.

CONTRATO/CRT/SP/Nº 100000/2010 INCRA/UNIARA. 2012.Araraquara. Anais eletrônicos. Araraquara. 2012. CD-ROM.

DOSSIÊ do Saneamento. BNDES 2008. Disponível em m:. Acesso em 24/05/2013.

DULLIUS, P.R. et al. Resgate de Sementes Crioulas: a experiência dosagricultores da regiãocentral do RS. In: Congresso Brasileiro deAgroecologia, 4., 2006, Belo Horizonte. Anais... Belo Horizonte: Emater,2006. CD-ROM.

FAGGIONATO, S. Percepção ambiental. Material de Apoio – Textos,2009. Disponível em: < http://educar.sc.usp.br/biologia/textos/m_a_txt4.html>.Acessado em: 08 março de 2015.

FERNANDES, C. Esgotos Sanitários. Disponível em . Acessado em 24 demaio de 2013.

GUERRA, R. M. N. Discutindo a sustentabilidade nos PDS (Projeto deDesenvolvimento Sustentável):um diagnóstico do PDS São Salvador,In: Assentamentos Rurais e meio ambiente no Brasil:atoressociais,processos produtivos e legislação. Viçosa: UFV, DER, 2006.

MACEDO, R. L. G. Percepção e conscientização ambiental. Lavras, MG:Editora UFLA/FAEPE, 2000. 132p.

MELLO, U. P. A utilização agrícola das áreas de mata ciliar degradada noassentamento União da Vitória, Fraiburgo (SC) In: Assentamentos Rurais emeio ambiente no Brasil: atores sociais, processos produtivos elegislação. Viçosa: UFV, DER, 2006.

MERLEAU-PONTY, M. Fenomenologia da percepção. São Paulo:Martins Fontes, 1999.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO – MDA;INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA– INCRA. Plano de Gestão Ambiental do INCRA. Brasília: MDA/INCRA, 38 p, out. 2002.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO – MDA;INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMA AGRÁRIA– INCRA. Plano de Ação Ambiental do INCRA. Brasília: MDA/INCRA,51 p., 2008.

MINISTÉRIO DO DESENVOLVIMENTO AGRÁRIO – MDA;INSTITUTO NACIONAL DE COLONIZAÇÃO E REFORMAAGRÁRIA – INCRA. Termo de Compromisso de Ajustamento deConduta – TAC – PDS da Barra. 2009.

MORIN, E. Introdução ao Pensamento Complexo. Porto Alegre: Ed.Sulina, 2007.

OLIVEIRA ; WOLSKY . S. Importância da Reserva Legal para apreservação da Biodiversidade. Vivências: Revista Eletrônica deExtensão da URI. Disponível em: < http://www.reitoria.uri.br/~vivencias/Numero_015/artigos/pdf/Artigo_04.pdf> Acessado em 25 de fevereiro de2013.

PACHECO, E.; SILVA, H. P. Compromissos epistemológicos doconceito de percepção ambiental. 2006. Disponível em: . Acessado em 17 de abril de 2015.

RESOLUÇÃO CONAMA Nº387/2006- "Estabelece procedimentos para oLicenciamento Ambiental de Projetos de Assentamentos de Reforma Agrária,e dá outras providências" - Data da legislação: 27/12/2006 - PublicaçãoDOU nº 249, de 29/12/2006, pág. 665.

RODRIGUES, M. L., et al. A percepção ambiental como instrumento deapoio na gestão e na formulação de políticas públicas ambientais.In: SaúdeSocial. v. 21, p. 96-110, São Paulo, 2012.

TANEZINI, T. C. Z. Parâmetros teóricos e metodológicos para análise depolíticas sociais. In: Ser Social. Brasília, n. 14, p. 13-44, jan./jun. 2004.

THOMPSON, E. P. A miséria da teoria ou um planetário de erros. Riode Janeiro: Zahar, 1981.




DOI: http://dx.doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2014.v17i2.176

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2015 Revista Eletrônica Retratos de Assentamentos

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Revista Retratos de Assentamentos e-ISSN: 2527-2594 

Uniara – Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.