Apresentação

Autores

  • Vera Lúcia Silveira Botta Ferrante Coordenadora e Docente do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Mestrado e Doutorado).
  • Dulce Consuelo Andreatta Whitaker Docente do Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Territorial e Meio Ambiente (Mestrado e Doutorado).
  • Henrique Carmona Duval Professor Adjunto da Universidade Federal de São Carlos campus Lagoa do Sino.

DOI:

https://doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2020.v23i2.450

Resumo

Desde o golpe que colocou a extrema-direita no poder, insuflados por forças e internacionais que estão na base de um Império mundial comandado pelas petrolíferas, a cada número de retratos nos sentimos mais impotentes face às medidas restritivas que atingem o campo no Brasil. E não só o campo! Eis que avançam desemprego e fome, enquanto se concretiza o estado de exceção.
Para alguns filósofos contemporâneos, estado de exceção e necropolítica. Constituem a regra nas sociedades marcadas por competição e dominação que refaz a sociedades capitalistas. A Tese da permanência do estado de exceção permeia a obra de Giorgio Agamben, por exemplo.
Inevitável hoje, a lembrança do apocalipse. Para Maurizio Lazzarato Vivemos tempos apocalípticos, com a ascensão do fascismo por toda parte, o Brasil inclusive.
Essa explicação Mística é quase inescapável. Aqui estão os quatro Cavaleiros: a fome, a morte (1300 por dia, A guerra do governo contra o povo e, completando a alegoria, a peste, com dupla face. Por um lado, um vírus letal e por outro, uma força maligna no desgoverno do Brasil, incentivando a catástrofe...

Referências

Retratos de Assentamentos

Downloads

Publicado

2020-08-01

Como Citar

Botta Ferrante, V. L. S. ., Andreatta Whitaker, D. C., & Carmona Duval, H. . (2020). Apresentação. Retratos De Assentamentos, 23(2), 6-10. https://doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2020.v23i2.450

Edição

Seção

Apresentação

Artigos mais lidos pelo mesmo(s) autor(es)