Assentadas Rurais nos Territórios da Cidadania: Capacitaçao e Perspectivas para o Empoderamento?

Autores

  • Ariane Cristina Brugnhara Uniara
  • Henrique Carmona Duval Uniara
  • Vera Lúcia Silveira Botta Ferrante Nupedor

DOI:

https://doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2011.v14i1.80

Resumo

O presente artigo relata o trabalho realizado, através de convênio entre a Sempreviva Organização Feminista – SOF e a Assessoria Especial de Gênero, Raça e Etnia – AEGRE do Ministério do Desenvolvimento Agrário – MDA, com mulheres rurais dos Territórios da Cidadania do Pontal do Paranapanema e Sudoeste Paulista, no período de junho de 2009 a março de 2011. Este trabalho traz algumas reflexões acerca da desigualdade de gênero no meio rural a partir da divisão sexual do trabalho e, conseqüentemente, a invisibilidade do trabalho da mulher rural. A partir da vivência da autora enquanto educadora social desse convênio, o presente artigo, por fim, discute as políticas públicas para as mulheres rurais do MDA nos dois territórios trabalhados e traz algumas reflexões sobre o questionamento ou não, a partir da implantação dessas políticas e da atuação de convênios dessa natureza, das relações de desigualdade de gênero no meio rural, em especial, de assentamentos rurais. 

Referências

Brasil. II PNRA – Plano Nacional de Reforma Agrária. Brasília. República Federativa do Brasil e Instituto Nacional de Colonização e Reforma Agrária, 2004.

BUTTO, A.; HORA, K.E.R. Mulheres e a Reforma Agrária no Brasil. In: BUTTO, A.; LOPES, A. (Orgs.) Mulheres na Reforma Agrária e a Experiência Recente no Brasil. Brasília: MDA, 2008, p.19-38. NEAD Debate.

Dados do Banco do Brasil sobre Pronaf. Disponível em: , acessado em 14 abr. 2011.

DUVAL, H.C.; FERRANTE, V.L.S.B. Assentadas rurais no circuito da

resistência: invertendo papéis? Artigo apresentado VII Congresso Latino-

Americano de Sociologia Rural, 2010. In: Anais..., Porto de Galinhas-PE,

FISCHER, I.R.; GEHLEN, V. Reforma Agrária: chão masculino, pão

feminino. Fevereiro 2002. Mimeo. Disponível em: .

Acesso em 07 jul.2010.

GOUVEIA, T. Muito trabalho e nenhum poder marcam as vidas das

agricultoras familiares. Relatório Observatório da Cidadania: população

versus mercado. Disponível em:< http://pt.scribd.com/doc/51823673/

Relatorio-Anual-do-Observatorio-da-Cidadania-2003>, acessado em 20

mai. 2010.

MEDEIROS, L.S. Assentamentos rurais e gênero: temas de reflexão e

pesquisa. In: BUTTO, A.; LOPES, A. (Orgs.) Mulheres na Reforma

Agrária e a Experiência Recente no Brasil. Brasília: MDA, 2008, p.07-

NEAD Debate. Disponível em: http://www.territoriosdacidadania.gov.br/dotlrn/clubs/territriosrurais/one-community>. Acessado em 2 fev. 2011.

Downloads

Publicado

2011-01-14

Como Citar

Brugnhara, A. C., Duval, H. C., & Ferrante, V. L. S. B. (2011). Assentadas Rurais nos Territórios da Cidadania: Capacitaçao e Perspectivas para o Empoderamento?. Retratos De Assentamentos, 14(1), 135-150. https://doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2011.v14i1.80

Edição

Seção

Artigos Originais