Entre os seres e as coisas do mundo: representações sociais de trabalhadores rurais assentados sobre agroecologia

Rosemeire Aparecida Scopinho, José Cláudio Gonçalves, Thainara Granero Melo

Resumo


A questão ambiental tem centralidade no processo de negociação para oficializar os projetos de assentamento recentemente criados na região de Ribeirão Preto – SP e no processo organizativo dos trabalhadores para a ocupação legal das áreas. O artigo trata das representações sociais dos trabalhadores rurais assentados sobre agroecologia, utilizando a abordagem teórica da Teoria das Representações Sociais e informações empíricas extraídas de pesquisas realizadas pelos autores em cinco assentamentos rurais do tipo PDS localizados na referida região. Partindo da análise dos principais motivos da adesão à agroecologia, identificamos a polissemia do termo e pontuamos as dificuldades encontradas pelos assentados para realizá-la.


Palavras-chave


Agroecologia; Assentamento de Reforma Agrária; PDS – Projeto de Desenvolvimento Sustentável; Representações Sociais.

Texto completo:

PDF


DOI: http://dx.doi.org/10.25059/2527-2594/retratosdeassentamentos/2016.v19i2.242

##plugins.generic.alm.title##

##plugins.generic.alm.loading##

Metrics powered by PLOS ALM

Apontamentos

  • Não há apontamentos.




Direitos autorais 2017 Revista Eletrônica Retratos de Assentamentos

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial-SemDerivações 4.0 Internacional.

Revista Retratos de Assentamentos e-ISSN: 2527-2594 

Uniara – Universidade de Araraquara / Rua Carlos Gomes, 1338, Centro / Araraquara-SP / Brasil / CEP 14801-340

Licença Creative Commons
Este obra está licenciado com uma Licença Creative Commons Atribuição-NãoComercial 4.0 Internacional.